sexta-feira, 8 de setembro de 2017

[Ouça Áudio] Ex-vereador preso por tentativa de feminicídio em Jequié


[Áudio] O ex-vereador Manoel Gomes atentou contra a vida da sua ex-companheira, Macela Silva, segundo ela, eles estão separados há  cerca de um ano e três meses.  Na tarde dessa quarta-feira (07/10), no Hospital Santa Helena, o ex-companheiro a aguardava do lado de fora para oferecer-lhe carona de retorno para casa, porém, em decorrência dos históricos apresentados, inclusive um de medida protetiva, em que o vereador deveria manter-se afastado a uma distância de 200 metros de Macela, em decorrência de tudo isso a mesma recusou a carona do ex companheiro, alegando que já havia acionado outra pessoa para levá-la para casa.
Inconformado com a situação da separação, e pela recusa da moça (pelo menos é o que se sabe), Manoel Gomes, sacou de uma arma e deflagrou um tiros contra a ex na presença do filho que ainda convalescia e, presenciou toda a cena uma vez que se encontrava no interior do carro do pai. Para a sorte de todos, a bala não atingiu a moça que ficou estarrecida com o ato de violência.
 A situação só não foi pior por conta da chegada de um dos filhos do vereador que interceptou o pai, segurando-lhe o braço e evitando uma desgraça maior. De resto, ficam as eventuais dores de cabeça, o trauma do filho e a marca na perna de uma provável bala que pegou de raspão.
Pisando e peneirando todas as informações, a verdade é que a sociedade repudia tal violência contra as mulheres, não se pode suportar que mulheres sejam espancadas, violentadas e até mortas por conta de ciúmes, fim do relacionamento ou qualquer que seja a desavença entre o casal. O fato teve grande repercussão na cidade por se tratar de pessoas públicas.

Macela Silva concedeu entrevista em uma emissora da cidade, onde ela falou do ocorrido. Ouça áudio!

Olá leitores! Estamos com novo domínio.


segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Familiares já pensam em doar órgãos do jovem José Clauber, caso seja confirmado morte cerebral



Informamos que o quadro de saúde do representante comercial José Clauber (42 anos), atropelado por um veiculo não identificado na Avenida Rio Branco na noite de sábado para domingo não teve evolução com os medicamentos. Ele ainda está internado na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Geral Prado Valadares (HGPV).

Segundo informações a família já fez autorização para doação dos órgãos. Uma equipe médica está no HGPV, realizando teste para constatar  a morte encefálica.

Familiares e amigos ainda estão numa corrente de oração, na esperança de uma reação positiva. José Claber é filho da professora Herenice Oliveira.

sábado, 2 de setembro de 2017

Wally Salomão homenageado em Jequié


O Museu Histórico de Jequié realiza programa em homenagem ao escritor, poeta e letrista de músicas Waly Salomão, com exposição aberta e gratuita durante todo o mês de setembro. A mostra conta a trajetória de vida do artista, que nasceu na cidade do sudoeste baiano em 1943 e morreu no Rio de Janeiro em 2003.
Nesta sexta-feira, 1º, às 18h, está agendado um show na frente do museu, abrindo a série de eventos, com apresentações de músicas do jequiense famoso, muitas gravadas por artistas como Gal Costa, Maria Bethânia, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Lulu Santos, João Bosco, Zeca Baleiro e O Rappa. Entre as mais conhecidas estão Vapor Barato e Assaltaram a Gramática.
Segundo o representante do Museu de Jequié, museólogo Antônio Varjão, a homenagem a Waly é "merecida". Varjão destaca a importância da "valorização da nossa cultura". Para ele, "os jovens da cidade precisam conhecer mais a obra desse baiano nascido em Jequié”.
O homenageado ganhou o Prêmio Jabuti (1997), considerado o mais importante da cena literária brasileira, com o livro Algaravias. Foi graduado em direito e teatro pela Universidade Federal da Bahia (Ufba) e participou do movimento Tropicalista na década de 1960.

Jequié: Pé Roxo é cargo de Jorge Solla no HGPV


Quando passarinho canta muito, não é atoa.O ex-vereador de Jequié José Carlos Bastos Pereira, conhecido como Pé Roxo (PT), ganhou um cargo de secretário parlamentar, nível SP-16, no gabinete do deputado federal Jorge Solla (PT), conforme publicação no Diário Oficial da União desta sexta-feira (1°).
Segundo o site Bahia.BA, Pé Roxo foi o segundo vereador mais votado em 2012 na cidade e concorreu ao cargo de vice-prefeito em 2016 na chapa de Tadeu Cafezeiro (PDT), que terminou a disputa em terceiro, com 17,2 mil votos.
Em 2017, o ex-edil havia sido nomeado pelo governador Rui Costa (PT) como Coordenador II, símbolo DAS-3, do Hospital Geral Prado Valadares, que fica localizado no município.
Agora, o político vai receber um salário de R$ 6,1 mil, de acordo com a tabela de remuneração da Câmara.